E-Auditoria

 

e-auditoria

Atualmente, com o advento do sistema público de escrituração pública digital, as várias obrigações fiscais e contábeis são obrigatoriamente entregues por meios de arquivos digitais, que possuem complexo layout que pode ensejar a geração desses arquivos com múltiplos erros e inconsistências que mesmo validadas para a entrega, tem que manter a harmonia das informações entre si, sob pena de pesadas multas fiscais por erro ou omissão, previstas na legislação federal e estadual de cada unidade da federação, mesmo sendo “sem movimento”.

Para assessorar nossos clientes e empresas na revisão de todos esses arquivos magnéticos, contamos com ferramentas e metodologias atualizadas na realização de auditorias eletrônicas.

Cruzamentos com a ECF

DCTF

DCF

  • IRPJ a pagar – ECF x DCTF;
  • CSLL a pagar – ECF x DCTF.

ECD


ECF x ECD

  • Plano de Contas do Contribuinte – ECF x ECD;
  • Plano de Contas Referencial – ECF x ECD;
  • Centro de Custos – ECF x ECD;
  • Períodos e Formas de Apuração do IRPJ e da CSLL no Ano-Calendário – ECF x ECD;
  • Detalhes dos Saldos Contábeis depois do encerramento do resultado do período – ECF x ECD;
  • Saldos Finais das Contas Contábeis de Resultado Antes do Encerramento – ECF x ECD.

EFD ICMS/IPI

ECF x EFD ICMS/IPI

  • Receita de exportação direta de mercadorias e produtos – ECF x EFD ICMS/IPI;
  • Receita de venda de mercadoria e produtos com fim específico de exportação – ECF x EFD ICMS/IPI;
  • Receita da venda no mercado interno de produtos de fabricação própria – ECF x EFD ICMS/IPI;
  • Receita da revenda de mercadorias – ECF x EFD ICMS/IPI;Receita da prestação de serviços – ECF x EFD ICMS/IPI;
  • Receita da exportação de serviços – ECF x EFD ICMS/IPI;ICMS – ECF x EFD ICMS/IPI

EFD Contribuições

ECF x EFD Contribuições

  • Receita de unidades imobiliárias vendidas – ECF x EFD Contribuições;
  • PIS/PASEP – ECF x EFD Contribuições;
  • COFINS – ECF x EFD Contribuições;
  • Receita da prestação de serviços – ECF x EFD Contribuições;Receitas internas – ECF x EFD Contribuições;
  • Receitas para mercado externo – ECF x EFD Contribuições;
  • Demais Receitas – ECF x EFD Contribuições;Empresas de Lucro Presumido – ECF x EFD Contribuições;
  • Operações das Instituições Financeiras, Seguradoras, Entidades de Previdência Privada, Operadoras de Planos de Assistência à Saúde e demais Pessoas Jurídicas referidas nos §§ 6º, 8º e 9º do art. 3º da Lei Nº 9.718/98 – ECF x EFD Contribuições;

Fontes Pagadoras

ECF x Fontes Pagadoras

  • IRRF por fonte pagadora – ECF x Relatório de Fontes Pagadoras do eCACCSLL retida por fonte pagadora – ECF x Relatório de Fontes Pagadoras do eCAC.
  • Plano de Contas Referencial – ECF x ECD;Centro de Custos – ECF x ECD;Períodos e Formas de Apuração do IRPJ e da CSLL no Ano-Calendário – ECF x ECD;Detalhes dos Saldos Contábeis depois do encerramento do resultado do período – ECF x ECD;Saldos Finais das Contas Contábeis de Resultado Antes do Encerramento – ECF x ECD.
  • Cruzamentos com EFD ICMS/IPI;

Cruzamentos com EFD ICMS/IPI

EFD Contribuições

EFD ICMS/IPI x EFD Contribuições

  • Notas fiscais escrituradas na EFD Contribuições e não escrituradas na EFD ICMS/IPI;
  • Conhecimentos de transporte escriturados na EFD Contribuições e não escrituradas na EFD ICMS/IPI;
  • Conteúdo das notas fiscais escrituradas na EFD Contribuições x EFD ICMS/IPI;
  • Conteúdo dos itens das notas fiscais escrituradas na EFD Contribuições x EFD ICMS/IPI;
  • Conteúdo dos conhecimentos de transporte escriturados na EFD Contribuições x EFD ICMS/IPI.

XML (NF-e)

EFD ICMS/IPI x XML (NF-e)

  • NF-e próprias emitidas (existe o XML) e não escrituradas na EFD ICMS/IPI;
  • NF-e de terceiros emitidas (existe o XML) e não escrituradas na EFD ICMS/IPI;
  • NF-e próprias não localizadas (XML não localizado) e escrituradas na EFD ICMS/IPI;
  • NF-e de terceiros não localizadas (XML não localizado) e escrituradas na EFD ICMS/IPI;
  • Valores no arquivo XML da NF-e de emissão própria x valores escriturados na EFD ICMS/IPI;
  • Valores no arquivo XML da NF-e de emissão de terceiros x valores escriturados na EFD ICMS/IPI

GIA/DAPI/DIME/DIEF/DAM

EFD ICMS/IPI / SINTEGRA x GIA/DAPI/DIME/DIEF/DAM

  • Entradas do estado – DAPI/GIA x Sintegra/SPED Fiscal;
  • Entradas de outro estado – DAPI/GIA x Sintegra/SPED Fiscal;
  • Entradas do exterior – DAPI/GIA x Sintegra/SPED Fiscal;
  • Entrada – Substituição Tributária – GIA PR x Sintegra/SPED Fiscal;
  • Entrada – Ativo imobilizado e material de uso e consumo – GIA PR x Sintegra/SPED Fiscal;
  • Entrada – Energia elétrica – GIA PR x Sintegra/SPED Fiscal;
  • Entrada – Comunicação – GIA PR x Sintegra/SPED Fiscal;
  • Entrada – Outras – GIA PR x Sintegra/SPED Fiscal;
  • Saídas para o estado – DAPI/GIA x Sintegra/SPED Fiscal;
  • Saídas para outro estado – DAPI/GIA x Sintegra/SPED Fiscal;
  • Saídas para o exterior – DAPI/GIA x Sintegra/SPED Fiscal;
  • Saídas – Substituição Tributária – GIA PR x Sintegra/SPED Fiscal;
  • Saídas – Ativo imobilizado e mat. de uso e consumo – GIA PR x Sintegra/SPED Fiscal;
  • Saídas – Energia elétrica – GIA PR x Sintegra/SPED Fiscal;
  • Saídas – Comunicação – GIA PR x Sintegra/SPED Fiscal;
  • Saídas – Outras – GIA PR x Sintegra/SPED Fiscal;
  • Total de entradas – DAPI/GIA x Sintegra/SPED Fiscal (Valor Contábil, Base de Cálculo e Valor do ICMS);
  • Total de saídas – DAPI/GIA x Sintegra/SPED Fiscal (Valor Contábil, Base de Cálculo e Valor do ICMS);
  • Débitos, créditos e saldos de ICMS na DAPI x SPED FISCAL;
  • ICMS ST – saldos credores, devoluções, ressarcimentos, retenções, valores a recolher, saldos a transportar – DAPI x SPED FISCAL;
  • Entradas e saídas detalhadas por CFOP – GIA/DIME/DIEF/DAM x Sintegra/SPED Fiscal;
  • Número de empregados no último dia do período – DAPI x SPED FISCAL;
  • Valor da folha de pagamento – DAPI x SPED FISCAL;
  • Energia elétrica consumida no período (em kWh) – DAPI x SPED FISCAL.

TIPI

EFD ICMS/IPI x TIPI

  • Verificação de existência e validade dos códigos NCM´s informados;
  • Verificação das alíquotas de IPI informadas por NCM e por data, com base legal.

DCTF

DCTF

  • IPI – 1º Decêndio – SPED FISCAL x DCTF;
  • IPI – 2º Decêndio – SPED FISCAL x DCTF;
  • IPI – 3º Decêndio – SPED FISCAL x DCTF;
  • IPI – Mensal – SPED FISCAL x DCTF;

SIMPLES NACIONAL

EXTRATO DO SIMPLES NACIONAL

  • Revenda de mercadorias no mercado nacional com e sem substituição tributária/tributação monofásica/antecipação com encerramento de tributação – Extrato do SIMPLES NACIONAL x Sintegra/SPED Fiscal;
  • Revenda de mercadorias para o exterior – Extrato do SIMPLES NACIONAL x Sintegra/SPED Fiscal;
  • Venda de mercadorias industrializadas pelo contribuinte no mercado nacional com e sem substituição tributária/tributação monofásica/antecipação com encerramento de tributação – Extrato do SIMPLES NACIONAL x Sintegra/SPED Fiscal;
  • Prestação de Serviços de transportes intermunicipais e interestaduais com e sem substituição tributária de ICMS – Extrato do SIMPLES NACIONAL x Sintegra/SPED Fiscal;
  • Prestação de serviço de comunicação com e sem substituição tributária de ICMS – Extrato do SIMPLES NACIONAL x Sintegra/SPED Fiscal.

Cruzamentos com a EFD CONTRIBUIÇÕES

EFD ICMS/IPI e EFD Contribuições

EFD ICMS/IPI x EFD Contribuições

  • Notas fiscais escrituradas na EFD Contribuições e não escrituradas na EFD ICMS/IPI;
  • Conhecimentos de transporte escriturados na EFD Contribuições e não escrituradas na EFD ICMS/IPI;
  • Conteúdo das notas fiscais escrituradas na EFD Contribuições x EFD ICMS/IPI;
  • Conteúdo dos itens das notas fiscais escrituradas na EFD Contribuições x EFD ICMS/IPI;
  • Conteúdo dos conhecimentos de transporte escriturados na EFD Contribuições x EFD ICMS/IPI.

EFD

EFD CONTRIBUIÇÕES x DCTF x DACON

  • PIS/PASEP e COFINS a pagar – faturamento (não-cumulativo) – EFD x DCTF x DACON;
  • PIS/PASEP e COFINS a pagar – faturamento de SCP (não-cumulativo) – EFD x DCTF x DACON;
  • PIS/PASEP e COFINS a pagar – faturamento (cumulativo) – EFD x DCTF x DACON;
  • PIS/PASEP e COFINS a pagar – faturamento de SCP (cumulativo) – EFD x DCTF x DACON;
  • PIS/PASEP a pagar – folha de salários – EFD x DCTF x DACON;
  • Contribuição Previdenciária sobre a Receita Bruta – Serviços – EFD x DCTF;
  • Contribuição Previdenciária sobre a Receita Bruta – Indústria – EFD x DCTF.

ALÍQUOTAS DIFERENCIADAS DE PIS/COFINS

EFD CONTRIBUIÇÕES x ALÍQUOTAS DIFERENCIADAS DE PIS/COFINS POR NCM

  • Apontamentos de créditos e/ou débitos indevidos das contribuições;
  • Verificação das alíquotas de PIS/PASEP e de COFINS por NCM e período de tributação, englobando:
  • Produtos com alíquotas diferenciadas;
  • Produtos com alíquotas por unidades de medida;
  • Produtos com alíquota zero;
  • Produtos com substituição tributária;
  • Produtos monofásicos;
  • Produtos isentos, sem incidência ou com suspensão da contribuição;
  • Créditos presumidos.

DACON

EFD CONTRIBUIÇÕES x DACON (para revisões fiscais)

  • PIS/COFINS apurados na DACON x EFD-Contribuições;
  • Créditos descontados na DACON x EFD-Contribuições;
  • Deduções na DACON x EFD-Contribuições;
  • PIS/PASEP – Folha na DACON x EFD-Contribuições;
  • PIS/COFINS a pagar de SCP na DACON x EFD-Contribuições;
  • Retenção de cooperados na DACON x EFD-Contribuições.

Cruzamentos com a ECD

EFD ICMS/IPI x EFD

ECD x EFD ICMS/IPI x EFD Contribuições:

  • Receita de Exportação Direta de Mercadorias e Produtos – ECD x EFD;
  • Receita de Vendas de Mercadorias e Produtos a Comercial Exportadora com Fim Específico de Exportação – ECD x EFD;
  • Receita de Venda de Produtos de Fabricação Própria no Mercado Interno – ECD x EFD;
  • Receita da Revenda de Mercadorias no Mercado Interno – ECD x EFD;
  • Receita de Prestação de Serviços – Mercado Interno – ECD x EFD;
  • Receita de Prestação de Serviços – Mercado Externo – ECD x EFD;
  • ICMS – ECD x EFD;
  • PIS/Pasep – ECD x EFD;
  • COFINS – ECD x EFD;
  • IPI – ECD x EFD.

ECDxDIPJ

ECD x DIPJ

Contas de Resultado:

  • Receita Líquida das Atividades – ECD x DIPJ;
  • Lucro Bruto – ECD x DIPJ;
  • Lucro Operacional – ECD x DIPJ;
  • Resultado do Período de Apuração – ECD x DIPJ;
  • Lucro Líquido Antes da CSLL – ECD x DIPJ;
  • Lucro Líquido Antes do IRPJ – ECD x DIPJ;
  • Lucro Líquido do Período de Apuração – ECD x DIPJ.

Balanço Patrimonial

Balanço Patrimonial:

  • Ativo Circulante – ECD x DIPJ;
  • Ativo Realizável a Longo Prazo – ECD x DIPJ;
  • Investimentos – ECD x DIPJ;
  • Ativo Imobilizado – ECD x DIPJ;
  • Ativo Intangível – ECD x DIPJ;
  • Ativo Diferido – ECD x DIPJ;
  • Ativo Não Circulante – ECD x DIPJ;
  • Total do Ativo – ECD x DIPJ;
  • Passivo Circulante – ECD x DIPJ;
  • Passivo Não Circulante – ECD x DIPJ;
  • Capital Social – ECD x DIPJ;
  • Reservas – ECD x DIPJ;
  • Ajuste de Avaliação Patrimonial – ECD x DIPJ;
  • Outras Contas – ECD x DIPJ;
  • Patrimônio Líquido – ECD x DIPJ;
  • Total do Passivo – ECD x DIPJ.

Cruzamentos com DCTF, DIRF, RAIS, SEFIP, DIPJ e eCAC

DCTF x DIRF

DCTF x DIRF

  • Débitos apurados na DCTF nos grupos de tributo IRRF, CSRF e COFIRF x Valores de retenção lançados na DIRF.

DIRF x eCAC

DIRF x eCAC

  • Valores de retenção lançados na DIRF x Pagamentos registrados no eCAC nos grupos de tributo IRRF, CSRF e COFIRF.

DCTF x eCAC

DCTF x eCAC

  • Conciliação dos pagamentos realizados com o banco de dados da Receita Federal do Brasil – RFB;
  • Créditos Vinculados na DCTF x Pagamentos registrados no eCAC;
  • Quotas de IRPJ e CSLL na DCTF x Pagamentos registrados no eCAC.

DIRF x RAIS x SEFIP

DIRF x RAIS x SEFIP

  • Rendimentos – Rendimento por beneficiário pessoa física – DIRF x RAIS x SEFIP.

DIRFx RAIS

DIRF x RAIS

  • Verbas indenizatórias – Férias e Aviso Prévio Indenizado – DIRF x RAIS.

DCTF x DIPJ

DCTF x DIPJ

  • Débitos apurados na DCTF nos grupos de tributo IRPJ e CSLL x Valores lançados na DIPJ.

Cruzamentos com o SINTEGRA

GIA/DAPI/DIME/DIEF/DAM

SINTEGRA x GIA/DAPI/DIME/DIEF/DAM

  • Entradas do estado – DAPI/GIA x SINTEGRA;
  • Entradas de outro estado – DAPI/GIA x SINTEGRA;
  • Entradas do exterior – DAPI/GIA x SINTEGRA;
  • Entrada – Substituição Tributária – GIA PR x SINTEGRA;
  • Entrada – Ativo imobilizado e material de uso e consumo – GIA PR x SINTEGRA;
  • Entrada – Energia elétrica – GIA PR x SINTEGRA;
  • Entrada – Comunicação – GIA PR x SINTEGRA;
  • Entrada – Outras – GIA PR x SINTEGRA;
  • Saídas para o estado – DAPI/GIA x SINTEGRA;
  • Saídas para outro estado – DAPI/GIA x SINTEGRA;
  • Saídas para o exterior – DAPI/GIA x SINTEGRA;
  • Saídas – Substituição Tributária – GIA PR x SINTEGRA;
  • Saídas – Ativo imobilizado e mat. de uso e consumo – GIA PR x SINTEGRA;
  • Saídas – Energia elétrica – GIA PR x SINTEGRA;
  • Saídas – Comunicação – GIA PR x SINTEGRA;
  • Saídas – Outras – GIA PR x SINTEGRA;
  • Total de entradas – DAPI/GIA x SINTEGRA (Valor Contábil, Base de Cálculo e Valor do ICMS);
  • Total de saídas – DAPI/GIA x SINTEGRA (Valor Contábil, Base de Cálculo e Valor do ICMS);
  • Débitos, créditos e saldos de ICMS na DAPI x SPED FISCAL;
  • ICMS ST – saldos credores, devoluções, ressarcimentos, retenções, valores a recolher, saldos a transportar – DAPI x SPED FISCAL;
  • Entradas e saídas detalhadas por CFOP – GIA/DIME/DIEF/DAM x SINTEGRA

EXTRATO DO SIMPLES NACIONAL

SINTEGRA x EXTRATO DO SIMPLES NACIONAL

  • Revenda de mercadorias no mercado nacional com e sem substituição tributária/tributação monofásica/antecipação com encerramento de tributação – Extrato do SIMPLES NACIONAL x SINTEGRA;
  • Revenda de mercadorias para o exterior – Extrato do SIMPLES NACIONAL x SINTEGRA;
  • Venda de mercadorias industrializadas pelo contribuinte no mercado nacional com e sem substituição tributária/tributação monofásica/antecipação com encerramento de tributação – Extrato do SIMPLES NACIONAL x SINTEGRA;
  • Prestação de Serviços de transportes intermunicipais e interestaduais com e sem substituição tributária de ICMS – Extrato do SIMPLES NACIONAL x SINTEGRA;
  • Prestação de serviço de comunicação com e sem substituição tributária de ICMS – Extrato do SIMPLES NACIONAL x SINTEGRA.